SARCOPENIA X EXERCÍCIO




Envelhecer é um processo natural de desgaste do organismo e das nossas células. Sarcopenia é um processo progressivo (inevitável) da diminuição da massa muscular/força de homens e mulheres na fase adulta, gerando um estado permanente de fragilidade e perda da independência funcional nos idosos. Em consequência, isso provoca um grave transtorno ao sistema de saúde público e obviamente às pessoas e familiares que estão cuidando desse idoso.




Analisando o gráfico de um artigo científico publicado na The Physician and Sportsmedicine, vemos um corte transverso do quadríceps de dois idosos, um com 74 anos sedentário e outro, 70 anos triatleta. Percebemos o tecido adiposo(branco), popularmente chamado de massa gorda e a massa magra (cor mais escura) se contrapondo em circunferência. O idoso triatleta possui uma vasta massa magra com um mínimo de massa gorda no músculo, ao passo que no idoso sedentário ocorre justamente o oposto. Em resumo, a implicação da Sarcopenia é essa, diminuição agressiva de massa magra com aumento significativo de massa adiposa (gorda). Então, o que fazer para melhorar qualidade, funcionalidade e longevidade? Será que realmente precisamos ser triatletas? A resposta é NÃO. Definitivamente, não é necessário a intensidade nos exercícios como o Triathlon por exemplo solicita, porém é preciso exercitar-se com SOBRECARGA mesclando atividades de FORÇA, POTÊNCIA (cargas baixas e velocidade alta) e RESISTÊNCIA de maneira CONSTANTE.



Hoje, o EXERCÍCIO não é somente preventivo para doenças, mas também a cura juntamente com medicamentos prescritos para várias doenças físicas/psicológicas como doenças coronarianas, depressão, câncer, etc...


E aí, qual sua escolha? Envelhecer com capacidade funcional e qualidade, sendo capaz de curtir sua aposentadoria, filhos, netos...? Ou ficar nesse processo de incapacidade funcional?

Get stronger get longer




Nas fotos nossos alunos treinando com sobrecarga e mantendo a força e vitalidade. @arvoreraiz @ecoafilmes


Texto: Felipe Montes Roberto graduado em Educação Física, especialista em Fisiologia do Exercício

0 visualização